Tragédias em Mariana e em Paris, uma visão sobre a humanidade

brfrNossas condolências aos parisienses e aos mineiros pelas tragédias ocorridas, que ceifaram vidas e trouxeram tanto transtorno. São tragédias bem diferentes, porém dores iguais. Ambas as tragédias porém, causadas por seres ”humanos”. Será que devemos mesmo usar a palavra humanos pra descrever pessoas que planejam matar seus semelhantes de maneira tão cruel, ou de homens empresários que se preocupam apenas com o dinheiro, e se esquecem de cuidar do meio ambiente, pensando que o dinheiro pode consertar tudo. O rio doce morreu, pessoas morreram, o amor está morrendo. Onde vamos parar? quando tudo estiver acabado na natureza iremos comer e beber dinheiro? As vidas humanas valem menos do que algumas  notas de papel? As pessoas podem ser mortas por acreditarem em religiões diferentes? O mundo está em colapso, o amor está sendo colocado em ultimo lugar, e não digo amor de  homem e mulher, digo amor de um ser humano para outro.  Mais , mais educação, mais consciência, mais respeito a diversidade ; esses são apenas alguns ingredientes necessários para que as pessoas se tornem mesmo HUMANAS, que voltem a ser SERES HUMANOS.

1 Comentário em “Tragédias em Mariana e em Paris, uma visão sobre a humanidade”

  • Gustavo escreveu em segunda-feira, 16 de novembro de 2015, 15:35

    Guerras vem sendo travadas por riquezas e várias mais por religião, se sentir superior a outro por um status financeiro ou por sua religião acima de outra é pura soberba, ignorância e tolice, coisas que desde o início o homem decidiu preservar. Só que quanto mais o tempo passa, mais destrutivo a ganância e a soberba se torna, reflexo do que acontece hoje, lamentável a ideia desses homens de se sentir superiores. TODOS SOMOS IGUAIS.

Comente

© 2013 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Web - Todos Direitos Reservados.